Arquivo de Março, 2007

Ontem foi o Dia Mundial do Teatro…

silencio.jpg

E eu esqueci-me…mas lembrei-me da altura em que fiz provas para ser actriz de teatro…sim, fui fazê-los ao Seiva Trupe no Porto, mas não consegui.

Mas foi espectacular ter participado, sentir a emoção de concorrer, partilhar as dúvidas com outros jovens que queriam a mesma coisa…sonhos.

Ainda ontem me disseram que os sonhos não se compram, sonham-se e ninguém pode interferir com com eles!

Foi um sonho mas acho que perderam uma grande actriz… 😉 como se diz cá no Norte: “gaba-te cesta!”

Anúncios

Cita Mark que eu gosto!

lucia-perisse1.jpg  Pintura de Lúcia Périssé

O Saber da Experiência

“É sempre melhor comprovar as coisas pela experiência do que apenas saber. Porque se se depende da adivinhação ou suposição ou de conjecturas, nunca se fica educado. Há coisas que não podemos descobrir mas nunca perceberemos se são desse tipo se não experimentarmos. Pois é, temos de ser pacientes e perseverar na experiência até compreendermos que não podemos compreender. E é maravilhoso quando assim é, torna o mundo tão interessante. Se não houvesse nada para descobrir seria uma chatice. Só mesmo o tentar descobrir e não conseguir é tão interessante como o tentar descobrir e consegui-lo, se calhar até mais, não sei… “

Mark Twain, in ‘O Diário de Adão e Eva’ 

Eu reciclo…e tu?

lixo_reciclado.jpg

É assim, só comecei há para aí uns 5 anos a reciclar o lixo lá de casa: plástico, vidro e papel.

Pilhão não, porque não gasto muitas pilhas…depois comecei a juntar tampas de plástico para a campanha das cadeiras de rodas…

Entretanto nos vários empregos que tive, sempre tentei reciclar aproveitando o papel para rascunho, capas usadas e coisas assim…agora onde estou faço o mesmo e já vi pessoas a fazerem o mesmo, é que não custa nada! 😉

Depois comecei com os medicamentos para reciclar…agora fiquei a saber que a ValorMed não recicla os medicamentos que recolhe nas farmácias mas que os coloca no lixo doméstico! Tudo porque ainda não tem a licença para o fazer!Enfim…só em Portugal!

Chegou a Prima da Vera!

crw_1814_jfr.jpg

Espero bem que venha para ficar!

Ontem apanhei tanto frio…fui tratar dos meus óculos novos e vi umas armações que adorei…quando vi o preço fiz “figurinha de loira”: “Desculpe, mas isto não tem um zero a mais?!”  😉

Não, eram mesmo 400 € 🙂 enfim…comprei outras muito giras e ficou pela metade do preço…

Cita Antoine que eu gosto!

lucia-perisse.jpg  Pintura de Lúcia Périssé

Os Actos Valem mais que as Palavras

“Nenhuma explicação verbal poderá alguma vez substituir a contemplação. A unidade do Ser não é transmissível pelas palavras. Se eu quisesse ensinar a homens, cuja civilização o desconhecesse, o que é o amor a uma pátria ou a uma quinta, não disporia de argumento algum para os convencer. São os campos, as pastagens e o gado que constituem uma quinta. Todos e cada um deles têm como missão produzir riqueza. No entanto, há alguma coisa na quinta que escapa à análise dos seus componentes, pois existem proprietários que, por amor à sua quinta, se arruinariam para a salvar. Pelo contrário, é essa «alguma coisa» que enriquece com uma qualidade particular os componentes. Estes tornam-se gado de uma quinta, prados de uma quinta, campos de uma quinta…

Assim se passa a ser homem de uma pátria, de um ofício, de uma civilização, de uma religião. Mas, para que alguém se reclame de tais Seres, convém, antes de mais, fundá-los em si próprio. E, se não existir o sentimento da pátria, nenhuma linguagem o transmitirá. O Ser de que nos reinvindicamos não o fundamos em nós senão por actos. Um Ser não pertence ao domínio da linguagem, mas dos actos. O nosso Humanismo desprezou os actos. Fracassou na sua tentativa. “

Antoine de Saint-Exupéry, in ‘Piloto de Guerra’

Inesquecível!

a-sombra-e-o-vento.jpg

Gostava imenso de saber se ainda existe o tal Cemitérios dos Livros Esquecidos…

É muito bonito este livro, simplesmente inesquecível 🙂

Cita Óscar que eu gosto!

lucia-perisse2.jpg Pintura de Lúcia Périssé

Não Tenhas Medo do Passado

“Não tenhas medo do passado. Se as pessoas te disserem que ele é irrevogável, não acredites nelas. O passado, o presente e o futuro não são mais do que um momento na perspectiva de Deus, a perspectiva na qual deveríamos tentar viver. O tempo e o espaço, a sucessão e a extensão, são meras condições acidentais do pensamento. A imaginação pode transcendê-las, e mais, numa esfera livre de existências ideais. Também as coisas são na sua essência aquilo em que decidimos torná-las. Uma coisa é segundo o modo como olhamos para ela. “

Oscar Wilde, in ‘De Profundis’


Calendário

Março 2007
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Visitantes

  • 447,749 hits

Top Clicks

  • Nenhum

Entradas Mais Populares